quinta-feira, 28 de julho de 2011

Fixação


São vinte quatro horas pensando em ti...
Nesta masmorra o tempo causa dó!
Entro no teu álbum, mas estou só.
Ainda vivo o momento que senti!...

Nos meus sonhos teu semblante sorri;
Acordo... Estou sozinho... Sinto um nó
a arrebatar meu coração de pó!
No jornal: - Teu nome está logo ali...

Uma música canta no meu som,
Nas notas há uma única visão:
Quero te encontrar: - Como? – Não sei!

Um dia qualquer acho que fui teu Sol;
Comandei o teu corpo com o amor Maior;
Até hoje brinco de ser teu Rei!...

Machado de Carlos

18 comentários:

M@ria disse...

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

(Albert Einstein)

Beijos e Bom Fds......M@ria

RELTIH disse...

HERMOSISISMO TEMA. SIEMPRE UN GUSTO VISITAR SU ESPACIO.
UN ABRAZO

EL AVE PEREGRINA disse...

Cuando se recuerda a alguien...suele ponerse ese nudo en la garganta...

Sentidas letras.

Un abrazo.

José Sousa disse...

Olá querida amiga Maria!
Faz tempo que não vinha até o seu blog! Não mais o vou perder! Adoro coisas escritas como estas! muito bom.

Um beijo grande e bom fim de semana.
PS. Te espero lá nos meus blogues.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Que lindo poema, que doce ilusão! Bjs e bom fim de semana!

Tatiana Moreira disse...

Ei...
Eu estava com saudades de estar com vocês da blogosfera!
Retornei das férias e espero que possamos estar todos juntos novamente.
Que maravilha poder ler algo tão rico e belo assim!
Um beijo carinhoso

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Maria! Eis que mais uma vez, aqui me faço presente para apreciar mais um belo soneto, fruto das tuas acertadas escolhas.

Aproveito a oportunidade para te comunicar a criação do nosso novo espaço: “Literatura & Companhia Ilimitada” http://literaturacompanhiailimitada.blogspot.com/ , (ainda em formação, mas, já com a primeira postagem) criado com o objetivo de ampliar à divulgação da História da Literatura Mundial e de tudo aquilo que venha contribuir para o crescimento cultural daqueles que o desejarem, assim como, acrescentar mais uma fonte de pesquisas.

Ficaríamos muito felizes e agradecidos de poder contar com a tua visita e, se possível, sermos agraciados com a tua opinião/sugestão, pois, a continuidade ou a solução de continuidade do mesmo dependerá do parecer daqueles que por lá passarem, honrando-nos com a visita.

Beijos e que DEUS nos abençoe.

Furtado.

Antônio Lídio Gomes disse...

M@ria.
Nada melhor do que abrir esta página e saber que existem vários amigos talentosos.
Você prima por essa virtude, tão necessária para a evolução humana.
Um fraterno abraço do teu leitor.
Beijos.

Malu disse...

Versos que retratam em detalhes
um amor que se foi ...


Bjo e Bom Final de Semana.

Artes e escritas disse...

Variar o pensamento é deixá-lo respirar. Um abraço, Yayá.

Everson Russo disse...

Um otimo sabado pra ti minha amiga querida,,,,beijos e beijos.

Maria disse...

Lindissimo poema minha amiga, como sempre uma escolha brilhante.
Bom fim de semana
beijinhos
Maria

Flor da Vida disse...

Amada, amei esse poema!
Amo tudo que é escrito pelo poeta Machado de Carlos!

Deixo carinhos mil pra ti, viu?
Beijos de flor
Suelzy

Sonhadora disse...

Minha querida Maria

Lindo este poema de Machado de Carlos, aliás como todos os que escreve que eu adoro.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria disse...

POIS É...,
E NADA COMO ESTAR AQUI.

LINDO, AMEI.


BJS. :-))

Sotnas disse...

Olá M@ria, que tudo permaneça bem contigo!

Eu prefiro acreditar que todo novo amanhecer que eu presencio é um milagre que se realiza, e se renova a cada nascer de um novo dia.
Sempre postando por cá belas e ótimas escolhas, tanto texto como imagens, parabéns pelo espaço. Grato por tuas visitas e comentários eu desejo a você e todos ao redor intenso e feliz viver, e deixo um enorme abraço e até mais!

Amor feito Poesia disse...

"Aquilo que está escrito no coração não necessita
de agendas porque a gente não esquece. O que
a memória ama fica eterno."

Rubem Alves

Beijos e meu carinho a todos...M@ria

Milla Pereira disse...

Um poema contagiante e belissimo, parabéns e obrigada por dividi-lo conosco. Saudades de vc, amiga. Bjks