quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

RECEITA DE INVENTAR PRESENTES


Colher braçadas de flores
bambus folhas e ventos
e as sete cores do arco-íris
quando pousam no horizonte
juntar tudo num instante
num caldeirão de magia
então inventar um pássaro louco
um novo passo de dança
uma caixa de poesia


Roseana Murray

3 comentários:

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga poetisa!
Teu blog é lindo e seus conteúdos maravilhosos. Gostei muito dessa sua poesia. Meus parabéns!!!
POETA CIGANO - 26/02/2010

carlosrimolo.blogspot.com

Sonia Schmorantz disse...

Maravilhosa magia nesta poesia!
beijos, lindo fim de semana

Manuel da Rosalina disse...

Aqui,
sinto o aroma
das flores,
e do verde
e ouço o chilrear
dos passáros
na poesia…

Bom fds!

Abraços-poema,

jmj