segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Madrugada

Ah, que tristeza é essa que não finda...
Esmagam-se as rosas
Pétala a pétala
Tristes esses versos
Sem pudor
Sem nexo
Vou virando a página
Reescrevo a história
Pra apagar da memória
Os sonhos que vivi...
Na controvérsia das horas
Quebrem os relógios
Dê adeus aos olhos
É hora de partir...


(Márcia Cristina Lio Magalhães)

20 comentários:

M@ria disse...

Meu especial agradecimento
a cada um de vocês pelo carinho e amizade. Feliz semana e beijos meus! M@ria

Machado de Carlos disse...

Eu lhe agradeço por tudo, Maria!

Temos postagem nova!

Beijo!

Machado de Carlos disse...

Obrigado pela Companhia, Maria!

Pizarro disse...

Preciosos versos.
Saludos y abrazos.

victoria eugenia disse...

Preciosos tus poemas.Mis felicitaciones. Saludos. Victoria.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Maria, aonde é que vc vai, hein? O agradecimento lá no blog me soou como despedida. Não vá sumir, hein!!!
O poema é muito lindo e muito triste, como os que vc vem publicando de um tempo pra cá.
Beijos e fique bem!!!

Não Discuto

não discuto
com o destino

o que pintar
eu assino

Paulo Leminski

Bons Dias!
Renata

Everson Russo disse...

Uma otima segunda feira pra ti querida e uma belissima semana...beijos de carinho e amizade.

Loucopoeta disse...

~~~

Madrugada...

Acordo
Em mim
Com o sabor
Dos teus...lábios!


Cobres-me
De amor
Com o calor
Dos teus...seios!


Despertas-me
O desejo
Com o cheiro
Do teu...olhar!


E no silêncio
Da madrugada
Rasgada
Pela luz
Que chora...


Sussurro-te
Versos
Com meus dedos
Pela maciez
Do teu corpo...


Onde o meu
Prazer...mora!

Loucopoeta

Beijos, nesse seu puro coração de mulher...!

~~~

.

*lua* disse...

Maria minha flor, obrigada pelo seu carinho sempre presente e tão afetuoso. Passando rápido e saindo não sem antes deixar um beijo do seu tamanho.

Argos disse...

Olá Maria

Um bom poema para reflectir!

Há sempre um virar de página!

Abraço

Amapola disse...

Boa tarde, querida amiga Maria.

Como sempre, belas escolhas.

Agradeço a sua atenção e carinho que me fazem tão bem...

Um grande abraço. Fique com Deus.

Pérola disse...

Mesmo triste traz uma beleza singular.
Parabéns pela escolha.
beijokas minha linda.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Maria! mais uma vez acertaste na escolha. belo poema.

Beijos,

Furtado.

Tere disse...

ADORO AS MADRUGADAS, LINDO POEMA. BJUS TERE.

Everson Russo disse...

Beijo carinhoso pra ti querida e um dia de muita paz e sorrisos.

reltih disse...

AHHHHHH, DULCE ESCRITO, AUNQUE TRISTE.
BESOS

ONG ALERTA disse...

Lindo, beijo Lisette.

Shirlei disse...

Bom dia,Adorei seu Blog amo poesias
conheci hj vou conhecer mais daqui pra frente,Um abraço e que Deus te abençõe sempre!!bjs

laerço dos santos disse...

]
De Braços Abertos

[teal]Use seu gesto do bem
procure exemplo tomar
do homem, como ninguém
deixou seu gesto de amar!

Na maior singularidade
Em seu ato e expressão
deixou lição de bondade
vinda de seu coração,

Trilhou caminhos corretos
brilhante e de plena luz
de ternura, amor e fé...

Morreu de braços abertos
alcançando-nos numa cruz,
O bom Jesus de Nazaré!

Laerço amante da poesia

laerço dos santos disse...

Parabéns pelo seu lindo blog
rainha da poesia....