quarta-feira, 26 de maio de 2010

O gosto da Beleza em meu lábio descansa:


O gosto da Beleza em meu lábio descansa:
breve pólen que um vento próximo procura,
bravo mar de vitórias - ah, mas istmos de sal!

Eu - fantasma - que deixo os litorais humanos,
sinto o mundo chorar como em língua estrangeira:
eu sei de outra esperança: eu conheço outra dor.

Apenas alta noite algum radioso espelho
em sua lâmina reflete o que estou sendo.
E em meu assombro nem conheço o próprio olhar.

Alta é a alucinação da provada Beleza.
Pura e ardente, esta angústia. E perfeita, a agonia.
Eu, que a contemplo, vejo um fim que não tem fim.

Dunas da noite que se amontoam.


Cecilia Meireles

17 comentários:

El ave peregrina disse...

A beleza sempre se contempla con bon ollar...
Quédome con :

Apenas alta noite algum radioso espelho
em sua lâmina reflete o que estou sendo.
E em meu assombro nem conheço o próprio olhar.

Unha aperta amiga.

Maria disse...

SEM PALAVRAS...........



:))BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

M@ria disse...

" Ama-me é tempo ainda, interroga-me e te direi que o nosso tempo é agora."

(Hilda Hilst )

Bom diaaa......com muito amor e poesia...M@ria

Machado de Carlos disse...

Uma rosa seja de quaisquer cores sempre nos encantam com sua beleza e perfume. Ofereço-lhe uma rosa!
Bom-dia!

Valter Montani disse...

Passei para deixar o meu bom dia, com amor e poesia:

"Aos pássaros Deus deu o vôo e o canto, aos que amam Ele dá o sonho e o encanto. Quem ama de verdade não consegue voar,porém de tão leve espírito, chega até a flutuar"

©Valter Montani

José disse...

Olá M@ria, bom dia, gostei deste lindo poema!

"Eu - fantasma - que deixo os litorais humanos,sinto o mundo chorar como em língua estrangeira:
eu sei de outra esperança: eu conheço outra dor."

Um beijinho,
José.

Taty Cascada disse...

Puedo saborear tus palabras gracias al traductor, pero creo que en la cadencia del portugués debe sentirse aún más bello.
Un beso.

Tatiana disse...

Que lindo poema!

Espero que tudo esteja bem contigo!
Beijos com meu carinho

Vozes de Minha Alma disse...

Lindo poema.

Teu coração querido
Tão singelo,
Tão carinhoso
Escarlate, adornado
Esse coração pulsante
É lindo, atraente
Mostra a pureza
De tua alma, docemente

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Cecilia Meireles,
o meu Farol,
,
conchinhas,
,
*

Mila disse...

Linda poesia!
Que tenhas uma ótima noite.
Bjs
Mila

Memória de Elefante disse...

"E em meu assombro nem conheço o próprio olhar".

Cecília Meireles sempre me fascina e comove !

Obrigada!
Um beijo

Helena Castelli disse...

Tudo lindo e de sensível bom gosto como sempre... Cecilia é demais!

Com carinho.
Helena

Pérola disse...

Nossa amada,Cecília Meireles encanta de uma forma única.
Parabéns pelo bom gosto.
Beijokas.

Everson Russo disse...

E que gosto gostoso esse....lindo poema,,,,um beijo de bom dia pra ti.

Pelos caminhos da vida. disse...

Estarei ausente para visitas nesse fim de semana, estou com muitas encomendas pra entregar na primeira semana de junho, não estou tendo tempo, estou postando e qdo dá faça algumas visitas, logo tudo se normaliza, não se esqueça de mim.

beijooo.

COntineum votando!

Carmem disse...

Lindo poema da eterna Cecília Meireles!

E lindo blog, que tens aqui, Maria.
Estou chegando e gostando.
Dá uma passada no meu, pra conhecer.
http://filosofandoemcimadabicicleta.blogspot.com

Um bjnho