domingo, 14 de fevereiro de 2010

AMOR DE CARNAVAL


Se de fato tu queres me encontrar
apesar de me teres transformado
na tua multidão, tu deves procurar
no alvoroço do baile triunfal
de teu tumultuado coração...

Eu sou aquele que tu vês se levantando
daquela sombra que virou teu chão.
Repara como eu engoli meu sim
para não ter que devolver teu não...

Se de fato tu queres me encontrar,
eu sou aquele que já foi embora
com uma flor na mão...


Afonso Estebanez

5 comentários:

El Drac disse...

Belo poema para o dia do amor, começa a vê-la com uma flor na mão dela e ela em troca ... nos dar um sim como seria maravilhoso! Certo? Um beijo, eu acho que todos nós romântico, muito obrigado por doar o seu poema. Chau.

Irene Moreira disse...

Muito lindo M@aria. Saudades dos carnavais passados.
Bjs

Everson Russo disse...

Amor em qualquer epoca...um beijo e uma linda semana pra ti.

reltih disse...

muy bonito tu escrito, la verdad me encanto lo poético.
un beso

Henrique Rodrigues Soares disse...

Belo poema com a marca de Estebanez.
Sds.