terça-feira, 12 de janeiro de 2010

LÊS DEUX GUITARES


Vôo ao som de duas guitarras
Plaino nas nuvens
Buscando o som do além.

Transporto meus anseios...
E sonho no infinito,
Na busca do amor...além
Da terra
Do sentido
Da razão
Do real.

Busco a alma infinita
Que atravessa os mundos...
Reais e irreais.

Caminho à velocidade do som...
Compassado,
Ritmado,
Eternizado.

Busco no intimo...
Desejado,
Explorado,
Ansiado...a eterna luz.

Plaino nas nuvens,
Envolta em véus
Que despenteiam as notas
Envolvendo a sensibilidade,
A magia
E a pureza da alma,

Transportando o irreal almejado
E o sublime entardecer...
Nas notas que realçam as côres,
Melodiosas,
Ao infinito entender da
Eterna...eternidade.

Te busco...paraiso
Infinito da vida.


AMARILIS PAZINI AIRES

2 comentários:

reltih disse...

me encantaste con tu canción. besos

Mariana disse...

voar ao som de duas guitarras, deve ser divino.