terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Recado breve


Minha falta
de tempo
me fez ser
ainda breve,
no bilhete,
raro de ontem...

Ainda que breve
foi longo o
meu pensar,
minhas palavras
escapuliram no ar...

Foi breve também
o meu lamentar,
e nas curtas linhas,
comecei a chorar,
sentindo falta,
de tudo, e no lamento,
foi alto o penar...
do sonho acabar...

Ainda fiz uma
prece
Para te abençoar

Não é desespero,
apenas penso
em não mais voltar...

Fui breve.
Ainda que breve
mas já sentindo
falta, falta tua
no coração.


Betânia Uchôa

3 comentários:

reltih disse...

defenitivamente, me encantas con tus escrito, esa dulzura que le imprimes, me gusta.
besos

Maria disse...

DE MARIA PARA MARIA,

Tenha um bom dia.
Lindo este post, mas também triste.

:)) Doce Carinho

Memória de Elefante disse...

O recado foi dado de uma forma sofrida...bonita!


Um abraço