segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Sem ti...


Na solidão da noite, te procuro
Dentro da luz do meu pensamento
Iluminado pela saudade, eu tento
Evitar a lágrima no escuro!

A sinto deslizar, num amor puro
Trazendo o sabor do contentamento
Mas a meus lábios, traz o lamento
Da ausência que chora, amor seguro!

E falo à lágrima, que não sente
O sentimento da dor, que saía
Da minha alma tão claramente...

Que, por não ter a tua companhia
A lágrima vai sair constantemente
Até que venha aquele esperado dia!


Loucopoeta

2 comentários:

Manu disse...

Olá Maria!

Choro por ti minha solidão
estas lágrimas de saudade
água e sal de infelicidade
estas lágrimas assim são

líquido vertido neste chão
num pranto pela crueldade
que em abono da sã verdade
é o choro deste meu coração

Choro porque estás ausente
ai a falta que tu me fazes
sem ti meu coração não sente

tanta dor tu agora me trazes
não há quem assim aguente
as lágrimas destas frases

De louco este poeta não tem nada, apenas saudade de um amor. Beijos.

Maria L. Bózoli disse...

Saudades.......Sempre......Saudades