quarta-feira, 29 de julho de 2009

Eu sei quando tu vens



Não preciso sondar os pensamentos
nem consultar meu vasto coração
para saber os dias e os momentos
em que me vens trazer consolação...

A mim me basta olhar pela janela
e abraçar a manhã no meu jardim,
pois sei que a claridade que vem dela
é a luz do teu amor dentro de mim...

Deixo a brisa tocar a minha face,
ouço as aves que vêm me visitar
e sei de cada rosa que renasce
o teu mágico instante de chegar...

Converso com o vento no telhado
onde o tempo costuma te esperar
de um futuro presente antecipado
por anjos que me vêm te anunciar...

No canteiro de beijos e jacintos
o odor suave de uma flor qualquer
inflama de desejos meus instintos
famintos de teu corpo de mulher...

Então eu sempre sei quando tu vens
sem que precises avisar-me quando...
O amor proclama quando tu me tens
e me prepara quando estás chegando.

Afonso Estebanez

Um comentário:

Jaak disse...

http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAI6yZ7ue6T6UT9uQcmuzRbSYQk7lK8bfg_H7H3AnPn1wF1GSW4oJTvaiJYTcBWH8b3waBKccgoDldWmLI31id1wAm1T1UHyGqiwAQvemoepRe5X6OrBx87k9.jpg