quarta-feira, 9 de maio de 2012

Soneto 17


Se te comparo a um dia de verão
És por certo mais belo e mais ameno
O vento espalha as folhas pelo chão
E o tempo do verão é bem pequeno.

Ás vezes brilha o Sol em demasia
Outras vezes desmaia com frieza; 
O que é belo declina num só dia,
Na terna mutação da natureza.

Mas em ti o verão será eterno,
E a beleza que tens não perderás;
Nem chegarás da morte ao triste inverno:

Nestas linhas com o tempo crescerás.
E enquanto nesta terra houver um ser,
Meus versos vivos te farão viver.

[William Shakespeare]

9 comentários:

Sotnas disse...

Olá M@ria, desejo que tudo permaneça bem contigo!

Percebo que teu bom gosto e sensibilidade na escolha dos textos e imagens que por cá posta continuam sempre ótimos.
Gosto deveras de estar cá e belas imagens e escritos admirar, parabéns pelo blog. E grato por tuas visitas e amizade eu deixo meu desejo que você e todos ao redor tenham um viver deveras intenso de felicidade, abraços e até mais!

Marilu disse...

Querida amiga,
Mãe,
Teus braços sempre se abrem quando teu filho precisa de um abraço.
Teu coração sabe compreender quando teu filho precisa uma amiga.
Teus olhos sensíveis se endurecem quando eles precisam uma lição.
Tua força e teu amor os guiaram pela vida e lhe deram as asas para
que eles pudessem voar.
Feliz Dias das Mães. Beijocas

ReltiH disse...

MUCHAS GRACIAS POR COMPARTIR TAN BELLA POESÍA.
UN ABRAZO

Sonhadora disse...

O amor de mãe é perfume de rosas e toque de veludo...a memória eterna de momentos de ternura...um suave colo e uma doce recordação que para sempre viverá dentro do coração de quem elas mais amaram...os seres que são a carne da sua carne.

FELIZ DIA DA MÃE

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga um Feliz Dia da Mãe.
“Deus não pode estar em todos os lugares e por isso fez as mães.” (Ditado judaico)
Beijinhos
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
minha amiga virtual,
,
misterioso sabor
tem a tua escolha
que me contamina
e a que me submeto !
,
adorei,
,
um palco de conchinhas,
deixo,
,
*

MAJECARMU disse...

Un poema muy profundo de un clásico de la literatura...El alma siempre recordará lo vivido y el verano será eterno en el espíritu.
Mi gratitud por compartir,María.
Mi abrazo y mi ánimo siempre,amiga.
M.Jesús
FELIZ SEMANA Y MI ÁNIMO SIEMPRE.
M.Jesús

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Minha querida amiga as minhas desculpas eu não esqueci de você, mas a vida nem sempre é fácil trama-nos de vez enquando e nós temos de a seguir, mas mesmo poucas vezes o que interessa é dizer que estou viva e lembrei de você também que te gosto com carinho teu poema e teu blogue estão muito lindos seja sempre feliz a o Senhor te guarde sempre em todos os caminhos...

Arnoldo Pimentel disse...

Um lindo soneto, parabéns.Beijos