quinta-feira, 30 de junho de 2011

Encontro da Alma



Perdoa-me...
Mas hoje eu quero ouvir violinos.
Liberar meus pensamentos,
Na orla macia dos ventos!

Desejo tomar as mãos da ilusão.
Cavalgar por entre campos e regatos,
Embebedando-se na suave fragrância...
Das flores que livres se desabrocham!

Sorrir a vida como a uma criança.
Embalar-me na inocência de um anjo.
Cultivar pétalas desgarradas das rosas...
Banhadas no orvalho da esperança.

Voar na transcendência da realidade.
Flutuar nos portais das fantasias!
Criar um mundo mágico de alegria.
Preencher na alma, os espaços vazios.

Plantar uma flor que tenha a tua felicidade!
Cobri-la-ei com o manto dos raios da lua
Aquecida em ternos orvalhos de fina luz
Abraçada á meiga áurea da eterna alvorada

Fechar os olhos e suspirar o amor
Nos doce colo entre teus braços
Gritar aos quatros cantos do mundo
Amo... Mesmo que me julguem... Palhaço!

Baroneto

32 comentários:

M@ria disse...

Perdoa-me...
Mas hoje eu quero ouvir violinos.
Liberar meus pensamentos,
Na orla macia dos ventos!

Baroneto

Beijos e um belo amanhecer! M@ria

Angel disse...

Hoje queres e estás feliz! Apaixonada pela Vida...
Só isso basta e mais nada...

um anjo

Arnoldo Pimentel disse...

Ouvir violinos é muito bom, beijos.

Machado de Carlos disse...

Principalmente os violinos aos sons de Beethoven!
A música especial ilumina as almas.

Drisph disse...

Olá Márcia! Lindo o teu poema, o pedão é o enaltecedor da alma; o complemento da felicidade e do crescimento moral e espiritual do ser, agora quero retribuí-lo com o meu poema:

...Não sei balbuciar palavras - sei gritá-las/ Xingá-las... Expulsá-las da garganta contigo junto/ Sei roubá-las de tua boca... Dócil e ardilosa/ Num beijo... Roubo tua língua/ Seu líquido; saliva... Tua fala...
Roubo tua paz... Acabo com o medo
Acabo comigo... Rasgo tuas roupas
Amputo a solidão... Destruo a modéstia/ Lambuzo o bom senso
Então peço - pense bem.../ Bebo o oceano Atlântico no conta-gotas...
Se ficar mais um segundo..."

Este é um trecho do meu dossiê de poesias - O segredo de eva, que estarei sorteando dia 10/07, convido-a a participar, apenas seguindo o meu blog.
Um grande abraço a você.
Adriana

Sandra Ribeiro disse...

Que belíssima escolha de versos!
Parabéns, e tenha um ótimo dia!

JuniorPoltergeist disse...

Belíssimo *-*

Tatiana Moreira disse...

Que poesia mais tocante!
Amei a sua escolha!
Um abraço carinhoso

Taty Cascada disse...

María:
Gracias por compartir hermosos versos, el portugués le agrega un sonido especial a la poesía.
Un beso.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Belos violinos que nos transpõem para a dimensão do sonho! Bjs

Kelly C. disse...

Nossa, Nossa Ameii o seu blog,muito legal,lindinho.Dá uma olhadinha aqui no meu :http://kellyannylee.blogspot.com/ ,deixe sua opnião nos textos,se estão bons ou se precisam de uma melhora.Bjinhos Fica com Deus

Sotnas disse...

Olá M@ria, desejo que tudo esteja bem contigo!
Amar e ser amada faz as pessoas felizes, e ser feliz é viver é uma de nossas obrigações como seres parte deste todo!
E por aqui neste teu agradável espaço sempre os melhores poemas postados, repletos de romantismo deveras apaixonados!
Belos poemas e lindas imagens sempre, e assim deixa os amigos visitantes deveras encantados!
Agradecido por tuas sempre gentis visitas e comentários eu venho desejar a você e todos ao redor intensa e feliz existência, com muita saúde e paz, abraços e até mais!

RELTIH disse...

UENO, LA VERDAD EL TRADUCTOR NO DEJA CLARA LA IDEA DEL CIERRE.
BESOS

Antônio Lídio Gomes disse...

M@ria
Não conhecia os poemas do Baroneto, porém aqui venho apreciar tão distinto poema.
Só você mesmo para nos proporcionar esses encantos.
Deixo então, um fraterno e afetuoso abraço deste leitor que te admira pelo ser-humano que és.
Beijos.

Evangelho de Vida disse...

Profundamente linda!

Evangelho de Vida disse...

Profundamente linda!

Evanir disse...

Minha amada Amiga.
Jesus que poema lindo quanto amor!!!!
Eu hoje estou muito sensivel amiga
já chorei em muitos blogs.
A vida não sorri todas as manhãs..
Um beijo no coração ,Evanir.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis que hoje nos brindas com um belo poema, fruto das tuas felizes escolhas.

Beijos,

Furtado.baganse

orvalho do ceu disse...

Olá, querida
"Aquecida em ternos orvalhos de fina luz"...
Isso me encantou...
Bjs de paz

Milla Pereira disse...

Poema deliciosamente composto no auge da inspiração lindamente soprada, parabéns! Abrçs, Milla

El Sentir del Poeta disse...

Querida amiga, bellisimo poema.
es una delicia leerte.
besitos para ti querida amiga, que Dios te bendiga.

José Sousa disse...

Lindo poema este querida Maria!
Passe pelo meu Transpondo Barreiras. Me siga lá que eu a seguirei.

Um beijo grande e bom fim de semana.

Everson Russo disse...

Um lindo final de semana pra ti querida... beijos e beijos...

Rosa da Rosa disse...

Poemas de doçura, o som do violino, a doçura e encanto de como você vê a vida. Muito bom vir aqui! Abraço, M@aria!

Maria disse...

Lindissimo poema amiga.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Sylvia Rosa disse...

"Flutuar nos portais das fantasias!
Criar um mundo mágico de alegria.
Preencher na alma, os espaços vazios." É o que tenho feito M@ria.
Saudades de vc
Feliz de estar aqui e tento de novo postar o coment. bju

Graça Pereira disse...

Hoje tambem quero ouvir violinos...naquele som que parece chorar ou cantar as fantasias da vida...Bela escolha de um poema que acho magistral.
Obrigada por o teres trazido.
Beijo e boa semana.
Graça

Anjo Sedutor disse...

Maria, minha anjinha linda!

Amigos são bênçãos

© Letícia Thompson




Amigos são anjos enviados por Deus para que não nos sintamos sozinhos aqui na terra.


Quando temos um amigo, temos tudo em dobro: coração, braços, pernas, ombros e olhos. Porque um amigo é alguém que sempre pensa na gente, que se preocupa, nos ouve, nos conforta... que sente saudade quando estamos distantes, mas que também sabe respeitar nossa necessidade de estar sozinhos em alguns momentos.


A amizade é a irmã gêmea do amor; é o amor na sua forma pura e desinteressada, é amor partilhado e compartilhado, dividido, dado, sem que nada seja esperado em troca.


Um amigo sabe sofrer as nossas dores, não como se fossem as suas, mas consciente de que são nossas e de que precisamos mesmo é do seu apoio.
Um amigo é uma estrela que brilha quando nosso céu está cinza, é um pequeno raio de sol que invade nossa janela nas manhãs de inverno, é o ar fresco que nos faz respirar quando sentimos que o mundo nos sufoca.


Virtual ou real, um amigo é uma alma sempre presente nas nossas vidas.
Virtuais ou reais, amigos são anjos enchendo nossos dias das bênçãos de Deus.

*********

Agradeço por tua amizade!

Minhas nuvens te esperam com quatro novos textos!

Meu carinho,

teu ANJO SEDUTOR


--

ANJO

Aqui - Ali - Acolá disse...

Sorrir a vida como a uma criança.
Embalar-me na inocência de um anjo.
Cultivar pétalas desgarradas das rosas...
Banhadas no orvalho da esperança.
--------------------------------
A vida é sempre uma criança.
Quantas vezes por nós passam sentimentos de esperança onde o futuro esperado é o da felicidade total?

Esse é um sentimento que nunca os abandona apesar das infortunias que a vida nos possa dar.

Caminhemos na orla do tempo ao sabor do vento da esperança e eis que o caminho à nossa frente se torna cada vez mais subtil.

Um poema muito forte numa escolha bem descrita.

Bjos, felicidades.

orvalho do ceu disse...

Olá, querida MARIA
Teve uma época da minha vida em que me senti assim mesmo: palhaça...
Sei bem do sentimento que permeia tal fato... seu poema ficou lindo por esse final inclusive...
Bjs de paz

regina ragazzi disse...

Oi M@aria! Que belo poema postado em seu blog. Tão leve, tão delicado. Tão gostoso de ler.Adorei. Seu blog sempre lindo. Bj carinhoso.

Pablo & Florbela disse...

NÃO SE ESQUEÇA DE SER FELIZ"
Feliz...Feliz... Arriscar à Fazer, para Viver Feliz !!!!

Pablo Neruda

Beijos e o meu carinho......M@ria