sábado, 12 de março de 2011

Seio de Minas


Eu nasci no celeiro da arte
No berço mineiro
Sou do campo da serra
Onde impera o minério de ferro
Eu carrego comigo no sangue
Um dom verdadeiro
De cantar melodias de Minas
No Brasil inteiro
Sou das Minas de ouro
Das montanhas Gerais
Eu sou filha dos montes
Das estradas reais
Meu caminho primeiro
Vi brotar dessa fonte
Sou do seio de Minas
Nesse estado um diamante.

Paula Fernandes

28 comentários:

M@ria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M@ria disse...

Hoje roubei todas as rosas dos jardins
e cheguei ao pé de ti de mãos vazias.

Eugénio de Andrade


Beijos poéticos e o meu carinho...M@ria

Sonhadora disse...

Minha querida

Muito lindo este poema e a imagem, poderia ser de qualquer canto de Portugal...adorei.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Mila Lopes disse...

Lindos versos...
Bjs e Boa Tarde!
Mila

Amor feito Poesia disse...

Que minha simplicidade,
deixe o rastro
da luxúria de minha alma.
O mais,é nada.

Patty Vicensotti

Beijos poéticos e perfumados...M@ria

taio disse...

gracias

Machado de Carlos disse...

Justamente quando coloquei o DVD de Paula Fernandes, chego aqui e leio sua música em homenagem a Minas Gerais! Um presente para mim!
Beijos!...

Machado de Carlos disse...

http://www.youtube.com/watch?v=RUAkEeY1gmU&tracker=False

Paula Fernandes

Mgomes - Santa Cruz disse...

Maria: linda poesia parabens a autora e a ti tambem.
Beijos
Santa Cruz

Marion Lemos disse...

Lindo Maria, lindo!
Amei!
Um presente!
Linda noite, repleta de encantos!...

Um beijo na alma.

Marion

Marion Lemos disse...

Lindo Maria, lindo!
Amei!
Um presente!
Linda noite, repleta de encantos!...

Um beijo na alma.

Marion

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Maria! Bela a letra da música da Paula Fernandes. Ótima escolha.

Beijos,

Furtado.

Terê. disse...

olá minha querida m@ria, passei para deixar um beijo. terê.

Amor feito Poesia disse...

Que minha simplicidade,
deixe o rastro
da luxúria de minha alma.
O mais,é nada.

Patty Vicensotti

Beijos poéticos e perfumados...M@ria

Pablo & Florbela disse...

quase hora de anoitecer o mundo,
jogar a noite por cima das casas,
mas ele continuava preso no instante
em que foi capaz de mexer as asas.

Rita Apoena

Amor & Paz no seu Domingo!
Beijos poéticos.....M@ria

Líricas Imagens disse...

"O dia de hoje é um simples sonho;
o de amanhã, uma vaga ilusão.
Mas, todo dia se bem vivido,
faz de cada dia de ontem
um sonho de felicidade
e de cada dia de amanhã
uma visão de esperança."

Beijinhos e feliz Domingo!M@ria

Everson Russo disse...

Um belissimo domingo pra ti minha querida amiga, e uma semana cheia de paz, amor e poesia...beijos e beijos.

AFRICA EM POESIA disse...

M@ria

Neste momento quero expressar aqui a minha solidariedade a todas as Famílias atingidas pelo tsunami .ONDA DEVASTADORA


Onda devastadora, cheia de beleza
Que rapidamente se transformou...
E destruiu tudo por onde passou...

Correu com loucura pela praia...
Saltou montes e vales...
Tudo levou e tudo varreu...

Onda sem compaixão...
Que entre os seus longos braços...
Tudo levou, pais, mães e filhos...

Sem piedade levou o amor da família...
Levou também o trabalho da terra...
E deixou, apenas a dor...

Dor de quem ficou e de quem tudo perdeu...
E tu onda devastadora...
Soltaste os teu braços...
E calmamente te foste!...

LILI LARANJO

Sonia Schmorantz disse...

Que tenha muitas rosas na semana que começa! beijos

Taty Cascada disse...

Bellísimos versos, un agrado leerlos y conocer a Paula Fernandes.
Un beso.

Lou Witt disse...

Beijo e uma linda semana!!!

Fátima Guerra (Mellíss) disse...

Querida M@ria

No primeiro aniversário do meu blog, agradeço seu precioso incentivo.
Conte com meu carinho,
beijo,
Fátima Guerra.

João Videira Santos disse...

Recordar Eugénio de Andrade é lembrar um dos supremos da poesia portuguesa.

Flor da Vida disse...

Amada amiga,

Lhe ofereço poesia
Pois de ti também recebo...
E nem é preciso embrulhar pra presente...
Porque é de alma que a doamos...
E é de alma que a recebemos...

Poesia não se faz... Nasce...
Brota das entranhas de invisíveis seres
Que habitam a alma de um poeta...

Ela está dentro e fora de nós...
Está na terra, no ar, no céu e no mar...
Na magia dos deuses... Nos sonhos que bailam
Ao som de harpas em salões celestiais...

Ela penetra surda no reino das palavras
E através delas vai colorindo o mundo
Com as cores da Paz, do Amor, e da Alegria...
Deixando sempre nas entrelinhas
Partículas d'alma do poeta que a pintou...

Então, viva a POESIA!!!
Aplausos a você POETA!
Porque sem o poeta, a poesia hibernaria...

Com meu carinho...
Flor da Vida(Suelzy Quinta)

14 de março, dia da poesia.

Valéria Sorohan disse...

LINDO! LINDO! LINDO!

BeijooO*

Graça Pereira disse...

Devemos ter orgulho no nosso berço natal. " Eu sou filha dos montes"... e em verso se cantam as maravilhas de pertencer a uma terra "sou do seio de Minas".
Parabens pela poesia tão edificante,
Mil beijos
Graça

taio disse...

hola

Perola disse...

Oi amada,voltei com um blog novo pq o antigo foi denunciado. Deu problemas no meu imail por essa razão o orkut foi deletado pq era o mesmo do blog, Me perdoe ñ deu tempo de avisar.
Eu vou fazer outro mas...com outro imail assim evito acontecer de novo.
Beijos millllllll.
Já estou seguindo seus outros blogs.