quinta-feira, 25 de novembro de 2010

AS ESTRELAS

Busco lindas estrelas lá no céu,
No céu de manto escuro, sem luar,
E o firmamento, em calmo e suave véu,
Mostra miríades delas a brilhar.

Inefável momento apraz em vê-las,
Cintilantes na noite, na amplidão...
Oh, quão belas são as áureas estrelas,
Que pontilham de luz a escuridão!

Nessa contemplação fenomenal,
Viajo o cósmico mundo dos amores
Cheio do enigma que permeia o astral...

E, no vislumbre dessas visões belas,
Os meus olhos, à luz dos seus fulgores,
Adormecem de amor por todas elas...


J. Udine.

12 comentários:

El Drac disse...

E as estrelas são todos os sonhos se tornaram querido amigo verdadeiro. Um grande abraço

reltih disse...

sensibilidad al tope!!! me encanta tu post.
besos

EL AVE PEREGRINA disse...

As estrelas alumean, de noite...o meu amor...resplandecentes lle cantan ata que chega o solpor.

Bela entrada María.

Unha aperta.

Flor da Vida disse...

Encantador esse poema! Versos mágicos... Obrigada por compartilhar! Amiga, aqui estou em teu aconchegante espaço, e vim pra ficar, viu? Seguindo-a com imenso prazer... Carinhos meus a ti... Bjsss

Nas Asas da Poesia disse...

Aqui eu vivo tão vivamente
Neste jardim de praia e mar,
Beleza que se me prende o olhar
E minh`alma tanto amor sente!

Loucopoeta

Beijos & Flores! M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
Um belo Soneto,
,
Eu quero soletrar vida,
Olvidando a solidão,
Beijando a tua mão,
Como uma prenda querida !
,
Conchinhas,
,
*

Tatiana disse...

Maravilhoso esse Soneto!

Um abraço carinhoso

Janaina Cruz disse...

Estrelas são pingos do sorriso de Deus no céu...
Está lindo o seu blog!

MYS disse...

Que delícia estar neste blog!!!

minha alma se aquece...

Já sou sua seguidora.

abç de luz
MYS

Amor feito Poesia disse...

Eu te ofereço flores
Como prova de amizade
Flores de todas as cores
Com cheiro de felicidade

Denise Pires

BOM FDS....Beijos meus! M@ria

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo e muito sesível, adorei.

deixo o meu carinho e um beijinho
Sonhadora

Maria Helena disse...

Na poesia "Eu por mim" que postei no dia 06 de novembro tivemos um encontr sem saber.
No seu perfil, você inicia se definindo como "um poema em construção". Eu termino minha poesia me definindo assim:
"Sou uma poesia itinerante
Em permanente construção"
Sinto-me privilegiada por ter me encontrado com uma alma tão sensível e de uma sensibilidade musical maravilhosa. Identifiquei-me também com as melodias.
Parabéns Estrela Maria!