terça-feira, 27 de julho de 2010

Azul!


Outrora, inda hoje,
Quando falávamos de amar,
Dos jeitos de amar,
Despertastes em mim o desejo,
Muito além do oceano pacifico,
Além das profundidades do mar,
Além das crateras dos vulcões,
Muito perto das sombras da lua,
Já ao raiar dessa tarde morna.

E navegando fui ao encontro teu,
Banhado no suor de minhas agruras,
Muito perto de minhas loucuras,
Sabedor que estava de minha espera,
No cais vazio de nossas almas ingênuas,
Passei pelo deserto de teu ventre alvo,
Na tentativa vã de alcançar-te um beijo,
Visto que ao tempo de hoje não era permitido,
Estagnaram-se nossas emoções febris.

Mas por nós choram os ventos da noite,
Que em açoite, uivam em nossos sonhos,
Prometendo para depois, ao raiar do dia,
Destravar a trava que nos prende agora,
Visto que queres e quero eu também,
Delirar de amor em tuas torres gêmeas,
Bebendo das fontes de tuas caatingas,
D’onde brota o mel de teu sabor fatal,
Na cor azul de um infinito amar!


Santaroza

23 comentários:

M@ria disse...

O que dá valor à minha poesia
Não é a página que ela enfeita,
Mas é a paz que propicia
Quando enche de alegria
O peito de quem dela aproveita.

Eduardo De Paula Barreto


Feliz Noite...Beijos na alma!!

Machado de Carlos disse...

Que bom que você veio! É mais uma luz a iluminar meus momentos de poesia.
Obrigado!
Abraços!

West Bridge, Lisbon disse...

A força dos seus textos são de uma grandeza elefantina... Adoro passar por aqui, o dia fica com mais luz quando te leio.

Um grande beijo,
Tudo de Bom
W.B

Vozes de Minha Alma disse...

Bom Dia M@ria.
É mais uma escolha primorosa.
Um abraço amiga, beijos.
Ei-la ao sol, entre flores e perfumes.
Sob a TÊnua luz do sol
Debruçada sob a janela
Diante do mar infinito

El ave peregrina disse...

Belo poema, onde o amor navega, entre loucura e paixón...as inxenuas almas...beben do seu rico licor.

Unha aperta e feliz semana.

ValeriaC disse...

Que poema encantador amiga...adorei...
Tenha um doce dia!
Beijinhos...
Valéria

Taty Cascada disse...

Hermoso y delicado poema, un regalo para los sentidos.
Un beso.

Carlos Rímolo disse...

Minha querida amiga e grande poetisa!!!
Passando por aqui para deixar meu carinho e abraços, além de curtir seu maravilhoso blog. de lindíssimos conteúdos! Tudo muito lindo!
Beijos de luz!

POETA CIGANO - 27/07/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

C@urosa disse...

Olá querida amiga M@aria, realmente, a força da poesia nos leva à muitas reflexões e mudanças. Por isso que sou um amante dos belos poemas que sempre aqui leio. Parabéns e obrigado pelos seus gentis comentários lá no dimenor.

forte abraço

C@urosa

Universo Paralelo em Versos disse...

Maria, ah Doce Maria dos lindos Poemas, Lindas Poesias garimpadas.
Amo realmente teu espaço, um poema mais perfeito que o outro, imagens, sublimes... e como você falou na visita em paz, teu blog respira toda a paz toda a arte das palavras.Poemas que fazem tão bem ao coração. Nobre Alma, agradeço a vida por ter me dado a oportunidade de conhecer você!

Vanuza Pantaleão disse...

Ao som de "Eu sei que vou te Amar" tudo fica azul e o mel se torna mais doce...

Beijos, M@ria!!!

Sylvia Rosa disse...

Amiga, ninguem mais que eu agora tá com o peito tão cheio, não sei se de amor, de desejo, de encantamento, tudo o que Santarosa atraves de ti me passou aqui.
Desej-te uma noite mais que iluminada.
Bjs

Tere disse...

querida m@ria,azul é lindo fala sério!!!amei,beijos tere.

Everson Russo disse...

BEijos de bom dia pra ti amiga...belo poema...

Mgomes - Santa Cruz disse...

Doce Maria: muito lindo este poema, Parabens pela tua escolha e tambem ao autor que bem merece.
Um beijo
Santa Cruz

Tatiana disse...

A riqueza da sua postagens encanta quem aqui chega e aprecia.

Um beijo com imenso carinho

sofia disse...

Ola Maria

então amor é tão profundo como o mar
muito belo poema feliz ao ler
beijos

reltih disse...

hermosa canción.
besos

Beatriz Prestes disse...

Ah minha amiga....
Como não vir aqui?
E como aqui não chegar e sentir a alma saciada!
Beijo carinhoso amiga querida
Bea

REGGINA MOON disse...

Maria,

Belíssimo verso!!Me identifiquei muito com ele...adorei!

Um grande beijo e ótimo final de semana!

Reggina Moon

Aqui - Ali - Acolá disse...

Azul - Cor do céu, do mar que faz parte de um universo sem fim.

Na poesia ele se destaca como aqui neste poema por palavras tão ricas que jamáis poderá ser ignorado.

Uma escolha muito rica que se destaca pela beleza das palavras.

Bjos, bom fim de semana até breve.

A.S. disse...

O azul é a cor do desejo... imenso e profundo como o mar! sublime de prazer como o teu azul poema...


BeijOOO
AL

Vanuza Pantaleão disse...

"E navegando fui ao encontro teu,
Banhado no suor de minhas agruras..."

M@ria, você é só Poesia!!!Bjsss