terça-feira, 6 de julho de 2010

Amar


Fechei os olhos para não te ver
e a minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados
desceram lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada
nasceram sussurros
e palavras mudas que te dediquei...
O amor é quando a gente mora um no outro.

(Mário Quintana)

23 comentários:

M@ria disse...

"Palavras gentis podem ser curtas e fáceis de falar, mas os seus ecos são efetivamente infinitos."

(Madre Teresa de Calcutá)

Bons sonhos e beijos meus!! M@ria

El Drac disse...

María eu vejo que você tem vários blogs que você vê como o tempo de todo mundo? Você me deixou impressionado. Enfim, estou feliz por estar perto de suas cartas

Tere disse...

olha que coisa linda,o amor é quando um mora no outro!!!quem dera os povos pensassem assim.jus tere.

Márcia Cristina Lio Magalhães disse...

Obrigada pela visita em meu blog, volta sempre, és muito bem-vinda!!

E este poema de Quintana, adoroooo!
Meu escritor favorito...

Carinhoso abraço!

Elaine Barnes disse...

Ele disse tudo!Amar é morar no outro! Lindo de viver! Ando na correria com trabalho,uma loucura em tensão e ansiedade,mas, sempre que posso venho te visitar. Gosto de você. Montão de bjs e abraços

REGGINA MOON disse...

Maria querida,

.../
e palavras mudas que te dediquei...
O amor é quando a gente mora um no outro.

Maravilha!!Salve Quintana!!rs

Um grande beijo,

Reggina Moon

*Tem 2 selinhos pra voce no Blog...!

Amapola disse...

Querida amiga Maria.

Mora tanto no outro, que a gente se anula.

Um grande abraço. Fique com Deus.

Atreyu disse...

O amor e o respeito ao outro deveriam ser mais praticados, post massa

Wanderley Elian Lima disse...

Sempre genial Mario Quintana. Amei
Beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Sempre geninal Mário Quintana. Amei
Beijos

El ave peregrina disse...

A palabra que non se dí...sempre é a mellor...
Un bico Maria.

reltih disse...

excelentísimo pensamiento.
besos

Pérola disse...

Linnnndo.
Ainda volto a falar de amor pode deixar rs.
Beijokas minha linnnnnnnda.

VEREDAS, por Marluce disse...

Amar
É sussurar e ser ouvido!
É amar num poema de Quintana!


Belo postado!

Um abraço, Marluce

legalmente loira... disse...

maria querida,
agora fiquei sem ação e sou toda emoção.
amo mario quintana,
amar é mais que perfeito.
belissimoooooo...
beijos com carinho e saudades...

Everson Russo disse...

Amar é o encontro de tudo que buscamos,,,beijos de bom dia...

rouxinol de Bernardim disse...

Excelente!

IVANCEZAR disse...

Ah, Quintana ! - Dizer que meu conterrâneo se foi deste mundo sem ser escolhido para a Academia Brasileira de Letras. Perdeu quem ?? - Belo post, amiga !

Santa Cruz disse...

Maria: Linda poema de Mario quintana; Adorei gosto muito de ler o que ele escreve.
Um beijo
Santa Cruz

Daniel Espinoza disse...

Muito bonita é a sua poesia. Incentiva a tocar e com certeza você terá uma bela gosta de escrever poesia.

Um abraço de Monterrey no México.

Beatriz Prestes disse...

Lindíssimo e cheio de sentimento!
Uma paixão de poema minha amiga!
Beijo carinhoso
Bea

Luciano Leal e Ceiça Santiago disse...

Querida amiga Maria, este verso é simplesmente perfeito!
Bela postagem.
Beijinhos e fica feliz.
Ceiça

Brasil Desnudo disse...

Olá Maria, Bom dia!!
Lindo seu Blog, mas excelente as matérias postadas...
Amor é a reflexão num espelho de si prórpia, mas onde a imagem que buscamos, é daquele que esperamos o recíproco Amor.

Meus parabéns, Amei!!

Um lindo dia pra Ti.

Marcio RJ