sábado, 10 de abril de 2010

A Essência da Inocência



O nascer do sol
Tocando montanhas
E o alto mar
O espalhar das estrelas
Que flutuam no céu
E bailam no ar
O rompimento do botão
Que sem saber de cor
Vira a mais bela flor
A quebra do casulo
Que protegia o seu coração
E você descobrindo o amor
A toalha que cai
Descobrindo seus medos
E você menina lua
Ficando na luz da madrugada
Completamente nua
A primeira letra
Que compõe a canção
A primeira nota
Que inspira seu coração
A pontuação da poesia
Nosso caminhar noturno
Quando nos beijamos
Sob a chuva fria
A essência da inocência
Pássaro que voa baixinho
Falando ao seu ouvido
Meu amor você é meu único caminho
Luz do oriente
É escuridão no ocidente
Quanto mais eu te amo
Mais e mais eu te amarei
E isso faz da nossa essência
Um toque de paixão inocente
Que é o toque da chuva na janela
Pra saudar a sua alma
Que em meu olhar se faz presente.


Everson Russo

13 comentários:

Glória Müller disse...

Maria, que postagem maravilhosa!!!Que poema mais linndo do Everson!
Ele acobertou meu coração, que hoje estava tão sozinho.Vou pedir estas palavras emprestadas pra ele, só por um instante.
E assim vamos nos emocionando pelos caminhos que trilhamos.
Beijos
Glória

Pérola disse...

Maravilhosos mesmo sem sombras de dúvidas.O Everson é tudo de bom.
Tem uma sensibilidade q emociona bastante.
Um beijo e parabéns pelo bom gosto.

Lis. disse...

Há um segredo escondido
dentro de cada vontade
em cada olhar escondido
sem vontade para olhar
um segredo meu

e há dentro de mim
um olhar sem segredo
tentando esconder a vontade
de olhar com segredo
um olhar teu.

poetaeusou . . . disse...

*
óptima escolha,
parabens,
,
conchinhas,
,
*

Graça Pereira disse...

LINDO! tem tudo para seduzir, encantar, encher o coração.
beijão e uma boa semana
Graça

Clecilene Carvalho disse...

Bela escolha...

Quebra do casulo que protegia o coração... abrindo e desconbrindo um lindo amor.

Parabéns ao Everson Russo`.

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Maria,

Gosto quando vens me espiar no meu blog.
Gosto quando me atrai a este teu.

Fico, com ambas as coisas, encantado sempre.

Obrigado.
bjos.w

Valter Montani disse...

Maria, tenha uma excelente semana, bjs

"Quem não sabe conjugar o amor
na primeira pessoa do singular,
nunca será digno em recebê-lo
pois, ainda não compreendeu
o verdadeiro significado de amar."

Valter Montani

Chris disse...

Maria,

Esse poema preencheu meu coração de jubilo e encantamento.

Parabéns!

Beijo no coração.

Crista disse...

Lalarilalaaaaaa...adivinha...quem sou eu????
Claro que sou a Olhos Azuis da tua vida verde de esperança em me ver um dia piscando para ti!
Demorei?????
E eu tenho culpa, se quando apareço no teu blog,sou envolvida por tamanha luz e laços de ternura, que fico tateando um tempão, ofuscada por tanta claridade e sufocada por tanto carinho e beleza????
Agora, sou só suspiros de felicidade...estou me iluminando com tua luz...logicamente que munida com um BAITA óculos de sol...huaschuaschuasch....
Beijo as palmas das tuas mãos...

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga!!!
Estou passando por aqui para deixar meu carinho e agradecer-lhe as palavras de carinhos em meu Blog. Você é uma pessoa especial para mim. Obrigado. Beijos de luz e poéticos!

POETA CIGANO - 13/04/2010
carlosrimolo.blogspot.com

Juliana Carla disse...

Boa noite Maria

Simplesmente posso tocar os aguçados versos do Everson. Adoro a escrita dele.

Bjuxxx e xerooo amiga.

Irene Moreira disse...

Vamos nadar nesse mar cheio de surpresas e nos encher desse amor sublime.
Beijos