segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A FLOR E A MULHER


Tal qual orquídeas raras
- Estas que me envias –
Tua amizade é para mim
Fragrância dos meus dias.

Belas tal qual você,
Orquídeas que me encantam
Graçam em tuas mãos,
Belezas que me espantam.

Tu e elas, gêmeas criações,
Nos guiam como um lume,
Quando ao nosso redor
Efluvem seu perfume.

Comovida, perco a minha voz
Diante da formosa natureza,
Que tange a flor e a mulher
Com tamanha beleza!

Com tal fascínio a flor
Eu guardo em meu jardim
E no coração guardo você,
Com ternura sem fim!


Mírian Warttusch

Um comentário:

reltih disse...

enamoran de estas letras.