sábado, 7 de novembro de 2009

OLHAR-TE = AMAR-TE


Amar-te é mergulhar num mar profundo,
Misterioso, atraente e deslumbrante....
Olhar-te é descobrir no teu semblante
Um céu tranqüilo, neste inquieto mundo.

Olhar-te é ver-me junto, toda hora,
Ao um anjo de bondade e de carinho...
Amar-te é ter a luz de branda aurora,
A iluminar meus passos no caminho.

Olhar-te é mergulhar-me na ternura,
É transportar-me à um mundo de ventura...
Amar-te é ter a paz que eu sempre quis.

Amar-te é transfundir vida à minha vida...
Olhar-te é ver uma deusa, à mim surgida...
Amar-te é mais que amar... É ser feliz.


Sá de Freitas

4 comentários:

Emoções disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emoções disse...

Retribuo com carinho a sua visita.
Aproveito para lhe dizer que cada dia que passa o seu blog fica mais lindo.
Parabéns!
Bjss

Manu disse...

Olá Maria!

Por culpa de um só olhar
eu senti o coração bater
descobri que estava a amar
quem na vida não podia ter

Beijos.

Memória de Elefante disse...

Um belo poema sobre o Amor ,sempre é um afago na alma!

Carinhoso abraço