sábado, 21 de novembro de 2009

Latino!


Com vagar como anda o trem
Vago só sem ser ninguém
Não que eu precise ser alguém
Me basta esse vintém.


Nasci em um berço duro
Largo porem seguro
Nunca tive dia escuro
Nunca fui velho, sou maduro.


Meu mapa é minha mão
Tem ranhura como o chão
O resto é com o coração
A alma é só um senão.


Amar é para muito poucos
Principalmente para os loucos
Paixão se bebe aos poucos
Entre uivos e gritos roucos.


Assim vivo o destino
Na verdade sem atino
Não sou bicho matutino
Afinal eu sou latino.


*Santaroza*

6 comentários:

Sandokan disse...

Ser latino é um dom natural.

BONITO E FASCINANTE ESTE SEU BLOGUE!

Necessitamos de amor. Ele dá sentido às nossas vidas. É o combustível que nos anima. Sem ele é difícil suportar o destino, ou amar a vida.
O amor é-nos intrínseco, e, de acordo com certa visão científica, ele é o herdeiro de um certo sonho bacteriano: o sonho remoto de qualquer bactéria em se unir e fundir com outra.
Alguns pensadores, sobretudo modernos e contemporâneas defendem que o homem não pode prescindir da ilusão. Ela faz parte da natureza humana, e é uma forma de fugirmos à vida real, e ao sofrimento e falta de sentido presente no fundo da nossa existência. A vida passa pelo sonho. O homem não suporta viver constantemente a verdadeira realidade.
Abençoado seja o que inventou o sono, a manta que cobre todos os pensamentos humanos, o alimento que satisfaz a fome, a bebida que apazigua a sede, o fogo que aquece o frio, o frio que modera o calor, e, finalmente, a moeda corrente que compra todas as coisas, e a balança e os pesos que igualizam o pastor e o rei, o ignorante e o sábio.
Devemos agradecer às ilusões. E aceitá-las sem queixumes, se porventura colidem com a realidade e se desfazem em pedaços. Elas são, afinal, uma forma de dar sentido à vida.

ventosnaprimavera disse...

Muito bela sua poesia, estou conhecendo seu blog e visitarei os outrso também.Já sou seguidor,se puder visite os meus, ficarei honrado.Arnoldo Pimentel
http://ventosnaprimavera.blogspot.com
http://palavrasnosventos.blogspot.com
http://haikainosventos.blogspot.com

Angeles disse...

Não sou bicho matutino
Afinal eu sou latino.

Si es que soy así latina.!!
Me encantó!!
Besos:)

Helena Castelli disse...

Olá Maria,

Vim para me deliciar com seus belos posts... Tudo perfeito, e de muito bom gosto como sempre.

Beijos meus, com carinho.
Helena

Manu disse...

Olá Maria!

Dizem as mais entendidas
que não há como o latino
adoram as suas investidas
seu jeito de homem-menino

Bom Domingo. Beijos.

M@ria disse...

Agradecendo o carinho de todos que aki me visitaram.

Boa semana..........Beijussssss