domingo, 25 de outubro de 2009

A Razão do Poema


Do que é feito o poema?
Barro de essência invisível?
Nuvem de tons arcoirizados?
Elementos dispersos,
Pelo poeta magnetizados?
Ou densa identidade
de expressão incontida?
O poema é amante,
Sentimento levitante
Viagem santa e atrevida
Pulso de um sonho em prece
Aborto, parto, nascente.
O poema é só palavra
E o poeta: inconseqüente...


Eurídice Hespanhol

9 comentários:

Nilzinha disse...

LINDO SEU BLOG QUERIDA, PARABÉNS DE CORAÇÃO!

BEIJOS

M@ria disse...

Obrigada querida.......Volte sempre!!

Bom Domingooooooooo

stella disse...

Bei versi Maria.

Sonia Schmorantz disse...

Poema é o espelho do que carregamos na alma...
Lindo!
beijos, ótima semana

Maria Flor! disse...

Maravilhoso seu blog, e suas poesias lindas...lindas.
Muita luz em seu caminhar.

Beijos da Flor!

MONE disse...

Minha querida, amei teu blog!
e seja bem vinda ao meu,
bjinhos com aroma de poesia para perfumar as pétalas do teu coração.

M@ria disse...

Agradeço a visita e o carinho de todas voces.

Uma semana de muita paz.

Beijos...Beijos

REGGINA MOON disse...

Maria querida!

O poema é amante,
Sentimento levitante
Viagem santa e atrevida
Pulso de um sonho em prece

Não conhecia o autor, adorei, é quase uma oração à Poesia....

Lindo demais!!!

Grande beijo e ótima semana!!

Reggina Moon

ANJO disse...

AMIGA AMEI SEU BLOG
SUAS POESIAS SAO MARAVILHOSA
BJOS.