sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Verao


um tiro de beijos
no alvo certeiro
no fundo do peito
dos lábios - na beira
menina faceira
me devora inteiro
como pirulito
em festa de Sao Joao
dormes no mundo
e acordas no coracao
pulsando teu nome

ah, esses desvaneios
e suspiros de leao
minha féra, tigresa
nessa noite queira
beija-flor beijar
tua rosa em botao.


sergio, beija-flor-poeta

3 comentários:

Sergio Gonçalves dos Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sergio Gonçalves dos Santos disse...

Grande amiga,
amei o blog,...

Sucessos e felicidades mil

Abraços

Sérgio, beija-flor-poeta

Sonia Schmorantz disse...

Que imagem mais pura, mais doce...combina bem com um poema tão sincero também.
beijo, lindo final de semana