sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Balé das Borboletas


Abro a janela e contemplo o jardim
Borboletas bailam por sobre as flores
Do fiel jardineiro são seus amores
Farfalhando suas asas num festim.

A beleza de suas cores me encanta
Deixando em suave êxtase minh’alma
Trazendo ao meu coração muita calma
Doce brisa do vento me acalanta.

Alçam vôos em busca da liberdade
Envolvo-me também em seus anseios
Levam mensagens quais pombos-correios
Da poesia cantando a felicidade.

Saltitam, percorrem livres os ares
Voam à procura da essência do amor
Guerreiras aladas vencendo a dor
Sobrevoam céleres por sobre os mares.

Neneca Barbosa

Um comentário:

Emoções disse...

Querida amiga,parabéns pelo seu Blog.
Ele está maravilhoso!Belas imagens e poesias.
Aprecio seu bom gosto.
Bjss